THEATRE:

 

* * *

 

12/7/2001

ARRABAL EM LISBOA
PARA VER ‘O REI DE SODOMA’

Mónica Garcez e RauI Oliveira interpretam "O Rei, de Sodoma’ peça de Arrabal que hoje se estreia no Marim Olhão

 

O Grupo de Teatro Fragmento estreia hoje, no Palácio Marim Olhão, "O Rei de Sodoma, de Fernando Arrabal, que se desloca propositadamente a Lisboa para ver este trabalho.
Com encenação, e concepção cénica de Ricardo Moura, o espectáculo põe em cena nove personagens — interpretadas por dois actores (Mónica Garcez e Raul Oliveira) — que habitam o sub-mundo madrileno. Tudo se passa em volta de uma rede de prosti-tuição e de uma mulher que tem "o coração transformado numa caixa registadora”. . . O resto é o absurdo cruel com que o autor sempre soube construir os seus textos
Fernando Arrabal nasceu a, 11 de Agosto de 1932 em Melilla e vive em Paris desde 1955, altura em que obteve uma bolsa pata estudar na capital francesa durante três meses. Acabaria por adoptar aquela cidade como seu refúgio político e artístico, e é ai que tem desenvol-vidó o seu original trabalho. tanto a nivel do teatro como do cinema.
"O Rei de Sodoma”, que conta ainda com música de Gonçalo Prazeres e figurinos de Sónia Martins, estará em cena até dia 22, sempre no Palácio Marim Olhão, ás 22h00.

LÚCIA SIGALHO REPOE "PSICOPATA”

A actriz e encenadora Lúcia Sigalho repõe hoje, no Armazém do Ferro, em Lisboa, "O Psicopata.Apaixonado”, uma criação colectiva da própria Sigalho e dos seus actores: Cláudia Jardim, Paulo Pinto, Sara Graça e Vitor Gonçalves.
O espectáculo é uma sucessão de cenas curtas em que várias personagens aparecem em palco (uma imensa arena vermelha) para falar das suas obsessões amorosas. Cada personagem tem uma his-tória para contar, e todas têm algo em comum: são obsessivas, des-mesuradas e <quase sempre) acabam mal. O espectáculo denuncia a sua construção fragmentária — cada actor foi acrescentando um ponto ao texto, e o todo resulta por vezes desconexo. Para além de que nem todos os quadros têm a mesma qualidade: de um modo geral, as cenas fúteis e ligeiras são mais desinteressantes enquanto as complexas nos conseguem deixar em suspenso.
No global, estes "flashes” da vida contemporãnea mostram como é difícil o amor no tempo esquizofrénico em que vivemos.
"O Psicopata estará em cena de quinta a domingo às 22h00, até dia 5 de Agosto. Informações e reservas para o telefone
21 342 88 17/63.

 

O Grupo de Teatro Fragmento estreia no próximo dia 12 de Julho o espectáculo "Rei de Sodoma" de Fernando Arrabal, com encenação de Ricardo Moura e interpretação de Mónica Garcez e Raul Oliveira.

O autor vai estar presente no dia da estreia.

O espectáculo fica em cena até ao dia 22 do mesmo mês, todos os dias às 22 horas no Palácio Marim Olhão, na Calçada do Combro (nº38-A, piso 2) ao Bairro Alto. Informações e marcações: 96 547 52 58


12 JULHO 2001...
Nove personagens. Dois actores: um homem e uma mulher. Uma rede de prostituição. Um telefone que toca.

Uma poltrona ... Jogos de poder e perversão numa casa dominada com "pulso" de homem, por uma mulher que não vê meios para chegar aos seus fins... Venda de carne branca em Madrid.

Jovens que são atraídos para a teia de aranha de uma mulher que só pensa em poder e que tem o seu coração transformado numa caixa registadora.
Uma estória vermelha com final cor-de-rosa.




FICHA TÉCNICA
Encenação e Concepção Cénica: Ricardo Moura | Assistência de Encenação e Movimento: Vera Paz | Interpretação: Mónica Garcez, Raúl Oliveira | Musica: Gonçalo Prazeres | Figurinos: Sónia Martins | Cenografia: Amândio Anastácio | Fotografia: Tiago Frois | Design Gráfico: Mónica do Vale | Produção: Cristina Tavares, Paula Frango, Patrícia Faustino


PRODUÇÃO REI DE SODOMA
Rua Marcos Marreiros nº 8, 2º 1200-255 Lisboa
Tel. 21 395 37 80
Cristina Tavares 96 547 52 58
Paula Frango 96 343 78 52
Email: casanostra@clix.pt